BALADAS DA ILHA - Paulo Afonso - Bahia


Nossa Cidade e Região

24/11/2017

Prefeitura de Paulo Afonso e SEDES promovem capacitação sobre trabalho infantil

Prefeitura de Paulo Afonso e SEDES promovem capacitação sobre trabalho infantil

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, Trabalho infantil é toda forma de atividade exercida por crianças e adolescentes abaixo da idade mínima legal permitida para o trabalho, conforme a legislação de cada país. O trabalho infantil, em geral, é proibido por lei. Especificamente, suas formas mais cruéis e nocivas não apenas são proibidas, mas também constituem crime com pena de prisão ou multas altíssimas. A exploração do trabalho infantil é comum em países subdesenvolvidos, e países emergentes, como no caso do Brasil, onde, nas regiões mais pobres, este trabalho é bastante comum. Na maioria das vezes, isto ocorre devido à necessidade de se ajudar financeiramente a família. Muitas destas famílias são formadas por pessoas pobres que possuem muitos filhos. Em Paulo Afonso (Norte da Bahia), a Prefeitura envolve sua Rede Socioassistencial coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em atividades constantes que buscam a conscientização sobre o combate à exploração da mão de obra infanto-juvenil. Nos dias 21 e 22 de novembro, no auditório da Escola Municipal João Bosco Ribeiro, técnicos e usuários de programas da rede participaram de uma capacitação, onde tiraram dúvidas sobre a definição das diversas formas de trabalho infantil. Com exibição de filmes e dinâmicas envolvendo os participantes, os palestrantes Lauro Trindade e Sônia Mosquete tiraram dúvidas e orientaram sobre a prevenção e como agir em casos de trabalho infantil comprovados. A secretária de Desenvolvimento Social, Ana Clara Moreira, destacou o trabalho realizado por sua equipe e enfatizou a necessidade de avançar nas políticas públicas voltadas para o combate ao trabalho infantil. “Parabéns a todos pelo interesse demonstrado em participar do nosso encontro. Estamos lutando, mas precisamos avançar mais nas ações para livrar nossas crianças e adolescentes. Ainda vemos muitas crianças nas ruas, e isso é reflexo do momento político do país, por isso se faz necessário trabalhar mais para que possamos diminuir os danos causados às nossas crianças”, disse Ana Clara Moreira. FONTE: ASCOM/PMPA
Acesse: http://www.pauloafonso.ba.gov.br



Notícias 1 a 10 de 1722 Próximo » Último »